Carregando um mundo de fofurices pra você <3 ...

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Corte de cabelo feito em casa

Desde que cortei o cabelo e venho postando fotos minhas por aqui e por outras bandas, recebo muitas perguntas sobre qual é o corte e quais produtos uso para cuidar do cabelo e modelar. Antes de revelar meus "segredos", contarei uma breve história capilar da minha vida.


Não sei descrever como era ou como sempre foi minha relação com meu cabelo, mas sempre gostei muito dele apesar de não ter cuidado direito. Não tenho uma palavra pra isso, mas tenho história pra contar. Sempre tive MUITO cabelo, mas não tão volumoso e usava sempre cortes curtos, não penteava muito (nunca gostei de pentear os cabelos) e ele se ajeitava. O meu cabelo é naturalmente castanho, ondulado e eu sempre achei que essas ondas não eram bem definidas, mas nunca desgostei delas, nem nunca tingi.

Enquanto criança tive cabelo anelado, liso e até a cabeça raspada. Com 15 anos usava na maioria das vezes preso e partido no meio
Aos 16 anos, quando deixei o cabelo crescer pela primeira vez na vida, comecei a me importar mais com a aparência dele e a primeira coisa que fiz foi eliminar as ondas. Na época usava só secador e depois rodava uma lindeza de touca que me deixava parecendo o Seu Boneco. Aos 18 veio o advento da chapinha e lá fui eu torrar a cabeleira, que a essa época, já passava da cintura.

Em 2003, dormindo na época da chapinha. Lindo, só que não.
O cabelo começou a ficar ressecado com a chapinha e caiu muito! Então tentei dar um tempo, mas foi aí que descobri a progressiva, que me acompanharia por uns bons anos, dos 20 até os 25 (quando fiz a última). Durante o tempo que usei progressiva foi ótimo em questão de praticidade. Usei muita franjinha, cabelo até a cintura e aproveitei. Mas esse cabelão escorrido acabou me cansando ao mesmo tempo em que eu pensava que os processos químicos aos quais me submetia não eram nada saudáveis. Já fiz progressiva com formol, sem formol, de chocolate, marroquina, enfim, cansei. E tudo o que eu queria era voltar a ter um cabelo natural e aprender a cuidar dele de uma forma que ficasse bonito. 

Pra ter noção do quanto o cabelo ficava escorrido com a progressiva (2009)
Até deixar o cabelo livre de qualquer química, foram quase 2 anos. Mesmo assim não havia conseguido me livrar do hábito de deixá-lo liso e acabei usando bastante o secador e um pouco de chapinha até pouco tempo atrás. Acho que isso aconteceu porque até então eu não havia encontrado a solução chamada "um corte bem feito", pois nesse meio tempo tentei usar cremes, modeladores, leave-ins e fui a diferentes cabelereiros sem sucesso.

Depois da progressiva: menos escorrido, mas sem forma.
Até reencontrar a franjinha. Mas a franjinha com o cabelo preso também cansou.
E franjinha no cabelo solto e sem forma não ficou bom
Há uns três meses atrás, cansada do cabelo sem forma e sem corte definido, pedi à minha mãe que passasse a tesoura nele, sem dó. Minha mãe sempre cortou nosso cabelo enquanto éramos crianças e algumas vezes aparou as pontas e a franja do meu cabelo depois que eu já era crescida. Ela também corta o próprio cabelo e depois que eu vi o cabelo das minhas irmãs cortado por ela, não tive dúvidas de que era um corte dela que eu precisava.


Nunca me senti tão bem com um corte de cabelo e com o cabelo mais natural. Ainda uso secador na franja e um pouco no comprimento do cabelo, mas quando ele já está quase seco e só para modelar. Meu cabelo fica ótimo quando lavo de noite, seco, prendo um coque alto e frouxo e vou dormir, no dia seguinte ele fica do jeito que gosto. No Reveillon rolou até cachinho :) Tento hidratar sempre que posso, não penteio todos os dias, só antes de lavar mesmo e uso um produto para deixar as ondinhas mais volumosas e charmosas.


O primeiro, o Ego Boost, é um condicionador leave-in, mas ele é ótimo também para modelar do jeito que gosto. Ou seja, hidrata e modela. Uso bem pouquinho, espalho na palma da mão e pelo cabelo, amassando sempre.


Com o Small Talk, a mesma coisa. Mas uso menos, pois acho que ele deixa o cabelo meio áspero.


Quem quiser cortar o cabelo com ela, ela se dispôs até a atender em casa, mas difícil é encontrar horário na agenda de uma pós doutoranda. E no meio dos elogios ao corte de cabelo, ainda descobrimos uma tradição de família. 

Fotos mais recentes e eu tentando ser 'fofa', espontânea e descabelada hahaha
Relembrando alguns casos entre primos, conheci a história da Tia Any, que é toda prendada e cortava o cabelo de desconhecidos dentro de casa e anda oferecia bolo e cafezinho. Meu tio, o marido da Tia Any, não gostava nada da história e sempre que aparecia um desconhecido, ele queria botar pra correr, mas ela ainda inventava que conhecia a pessoa  não sei de onde, ia lá e cortava o cabelo de graça.

Cabelo escorrido nunca mais e corte agora, só feito em casa!

12 comentários:

  1. Adorei a história do cabelo! O meu tá mais ou menos no mesmo esquema do seu, eu só ainda não tive coragem nem de eu mesma cortar, nem de entregá-lo nas mãos de alguma pessoa da família, mas quem sabe, né?

    ResponderExcluir
  2. Adorei a história... as fotos são lindas e o cabelo com ctz ficou maravilhoso... Há uns 2 anos eu msm corto o meu cabelo (rs, as vezes preciso da ajuda da irmã)... e corto das minhas irmãs tb... Cansei de gastar em salão e chegar em casa e ver que está torto, ou que ficou de um jeito que eu não gostei...

    ResponderExcluir
  3. Oi, Zizi! Obrigada por revelar seus segredos! :D
    Adorei conhecer um pouco da história do seu cabelo. Acho muito bonito quem assume o cabelo natural. Só passo tinta no meu, mas eu queria um corte assim, que desse forma ao cabelo, pois também gosto de cortar cabelo em casa.
    Minha filha tem cabelo cacheado e mesmo moça nunca alisou... acho que produtos demais acabam danificando o cabelo e a saúde.
    Lindas fotos! Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Zizi! obrigada por compartilhar seus segredos sobre o cabelo!
    Gosto de cortar meu próprio cabelo, e acho bonito quem usa natural, não sou muito a favor de muitas químicas.
    Minha filha tem 18 anos e usa o cabelo dela cacheado desde sempre e todo mundo adora! Lindas fotos, um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Opa! Bem legal esse post! E seu cabelo está lindo e estiloso, parabéns! ;)

    ResponderExcluir
  6. Agora o próximo passo é eu mesma cortar! hahaha
    Vamos ver no que dá!

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigada, Roberta ;) Também passei bastante por isso. Durante anos cortei o cabelo com um moço que tinha medo de cortar cabelo hahaha Nunca ficava do jeito que eu queria.

    ResponderExcluir
  8. Por nada, Vane :)


    Eu passei a adorar cabelos cacheados, apesar de o meu nunca ter sido, preciso fazer uma forcinha pra ele ganhar uns cachinhos tímidos! Além disso, meu cabelo está muito mais saudável depois disso tudo.


    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Adorei o seu corte de cabelo.....também muito me arrisquei e eu mesma cortei o meu....nunca me arrependi, sempre acertei....
    adorei o seu blog

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...