terça-feira, 15 de abril de 2014

Como fazer: Sachês perfumados para o guarda roupas

Dia desses, uma leitora me escreveu pedindo dicas para organizar o guarda roupas. A minha resposta foi tipo: “eeeerrrr... tem certeza?”. Pois é, já contei algumas vezes que não sou das pessoas mais organizadas da face da terra e muitas vezes isso acaba se refletindo no meu guarda roupas, ainda mais porque ele fica lá, fechadinho e ninguém vê. Bom, acho que a gente tem sempre que tentar melhorar quando o quesito é organização (isso se você não tiver um T.O.C.) e muitas vezes colocar um frufru a mais nas coisas nos estimula a mudar.


Com o guarda roupas, esse frufru a mais começou com os cabides. Antes eram todos bem velhos, um de cada formato e cor. Um belo dia resolvi colocá-los todos iguais ou mais parecidos e claro que não dispensei os antigos, organizei-os em novos lugares e também demos outras utilidades a eles aqui em casa. Sabe que até ensaiei organizar os vestidos e casacos por cor, mas acho que não ficou tão bom quanto esperava. Continuo treinando.


Além disso, colocar um cheirinho gostoso nas roupas pode ajudar bastante a querer se organizar ou pelo menos vai acabar deixando sua bagunça mais cheirosa.

Para fazer os sachês, você precisa de:



- Tecidos de algodão (podem ser retalhos)

- Molde de coração/ quadrado/retângulo (fiz num papel mais durinho, 

- Enchimento acrílico

- Tesoura

- Cola para tecido

- Fitas

- Essência para dar o cheirinho gostoso (a que usei é de Flor de Pitanga)

- Caneta 

- Agulha, linha e máquina de costura (opcional e caso tenha intimidade com costuras)


O primeiro passo é riscar os moldes no tecido. Dois de cada para depois fechar e fazer a almofadinha.


Recorte o tecido conforme o desenho, deixando uma bordinha a mais.


E aí é hora de fazer alguns frufrus. Usei uma fita branca e passei pelo quadrado e a alça do sachê também é colocada neste momento. A cola une todas as pontinhas da alça e a fixa no sachê. O segredo é colocar a alça como se fosse ficar para dentro, pois como na costura, a gente junta as partes pelo lado avesso para depois “esconder” o acabamento.


Antes de passar a cola por toda a borda, dobrei a alça de fita para ela não atrapalhar na hora de colar o restante. Daí é só passar a cola pela borda, deixando um espaço de mais ou menos 4cm para virar o sachê do lado certo e colocar o enchimento. Passou a cola, colou a outra parte, lembrando sempre que o lado avesso do tecido é o que fica para fora nesta etapa!


Enquanto a cola seca, hora de pingar a essência no enchimento. Usei uma média de 2 gotas por sachê e ficou bem cheirosinho.


Depois que a cola secou, foi hora de virar o tecido, aí que as partes certas ficam para fora e a alcinha que estava dentro, aparece. O enchimento foi colocado e a dobra para a colagem final marcada.


Por fim, foi só passar cola no meio da dobra, pressionar por 1 minutinho e pronto!

Para quem quiser ousar um pouquinho mais, dá para fazer em formato de coração com pompons (usando grelô). 


Aí é que nem lá em cima, colocar as coisinhas todas (leia-se grelô e alça de fita) para dentro e o tecido com o lado contrário para fora. Usando linha e agulha, alinhavei a borda deixando uma pequena abertura para depois virar tudo para o lado certo.



Antes de virar, passei na máquina de costura bem rapidinho, com ponto reto e não esquecendo da abertura para virar.


Depois é virar o coração para o lado certo, colocar o enchimento e finalizar na máquina de costura, fechando tudo direitinho.


Ah, e o último passo e mais importante: colocar no guarda roupas e ficar com as roupas com cheirinho de flor de pitanga <3




Post oferecido pela Marabraz, a mais nova parceira do Dona das Coisinhas :)

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Para decolar o seu negócio

No fim do ano passado, não me lembro muito bem como, mas tenho uma vaga recordação de que foi através da Amanda Mol, conheci a Espaçonave. Logo de cara, me vi super empolgada com a proposta do projeto e achei aquilo tudo a minha cara, pois foi bem na época em que eu estava prestes a abrir minha lojinha virtual e dar um passo a frente na minha vida profissional.


Eu achei tão interessante as coisas que a Rafaela Cappai (moça idealizadora do projeto e com um baita currículo nas costas) escrevia, que me inscrevi para receber a Newsletter da Espaçonave e ficar por dentro do que rola no Decola!LAB e no Vamoquevamo. Para a minha surpresa, essa foi a melhor Newsletter para a qual já me inscrevi até hoje. Desde os primeiros emails, a impressão que a gente tem é a de que a Rafaela fala diretamente com a gente, cheguei até a perguntar se ela tinha uma espécie de bola de cristal para adivinhar cada fase pela qual eu estava passando hahaha isso é verdade.

Além de ser motivador, o fato de encontrar alguém que sabe exatamente do que está falando (e que faz isso com a maior desenvoltura) Aumentou ainda mais minha sensação de que o que ela fala é verdade: é possível viver fazendo aquilo que a gente ama! 

Quando a gente decide se dedicar ao próprio negócio e colocar muito de nós mesmos ali, não imaginamos quantos obstáculos vêm pela frente. No primeiro momento é tudo muito claro e simples (mas nunca fácil), só que com o tempo, uma coisa chamada foco começa a chamar a atenção. São fases que eu mesma não conseguia prever no começo, mas que acompanhando os vídeos disponibilizados, entendi que são perfeitamente normais e contornáveis.


Pra quem não é nenhum expert em negócios (assim que nem eu), mas tem boas ideias, vontade e dedicação para fazer as coisas acontecerem, mais que aconselho que se inscrevam para receber os vídeos do Mini Curso Gratuito do Decola!LAB, oferecido pela Espaçonave. O mini curso é uma série de vídeos onde a Rafaela fala sobre os principais desafios de ter um negócio criativo e também uma injeção de ânimo para quem está nessa jornada ou pensa em adentrá-la. Além disso, é disponibilizado para download o E-book Sete ferramentas práticas para emprendedores criativos que querem viver fazendo o que amam! É a nossa cara ou não é?

E como já disse antes, os emails da Newsletter são imperdíveis! Sempre chegam um monte de dicas de livros, vídeos, cursos e até mesmo exercícios para fazer, pensando na vida e nos negócios. Não perde tempo, pois o curso fica disponível por tempo limitado!


Ah! E eu adoro as frases e os posts na página do Facebook da Espaçonave!

Aproveitando o gancho do assunto, o AM Estúdio Criativo está com a promoção "Meu sonho fora do papel", oportunidade imperdível para quem já tem uma negócio e ama o que faz! Basta contar sua história e torcer para ganhar um Projeto de Identidade Visual feita pela Amanda e pelo Thales. Um sonho!


P.s.: Esse não é um publipost! O que vocês vêem aqui é a opinião sincera de quem quer compartilhar coisa legal e útil ;)

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Bandejas na decoração

A minha opinião sobre bandejas sempre foi algo indefinido, pois nunca soube até que ponto elas seriam necessárias na minha vida. Como tudo sempre muda, inclusive na decoração, acabei descobrindo que bandejas podem ser uma maravilha e que sempre há uma ou mais utilidade bacana e possível para muitos objetos, que nem uma bandeja . Assim, ela acaba escapando do fado de  sempre ter que servir e apoiar.


Um exemplo bem claro disso que eu estou falando são as bandejas que já vêm com estampas e desenhos bem lindos, que nem essa bandeja retrô da Toda Coisinha. Ela serve tanto em sua função convencional, quanto como um belo quadrinho na parede.


E não bastasse ser um 'quadrinho' ainda pode ser um mural de recados, lembretes e fotos, já que ela é de metal e tudo quanto é ímã gruda nela.

Mas se você tem uma bandeja antiga aí na sua casa e ela tá pra lá de caidinha, vale dar um trato na coitada e deixá-la com uma cara nova e toda especial. Tinta acrílica preta ou verde escolar, pincel e fita crepe para proteger as bordas e você tem uma 'bandeja que fala'.

Imagem
Imagem
E ainda vale recorrer à famosa tinta em spray e fazer combinações coloridas, que nem na foto aí debaixo.

Imagem
Bandejas lindas, decoração diferente e com personalidade garantida <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...