Carregando um mundo de fofurices pra você <3 ...

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Lar é...

Dia desses recebi um email de uma leitora que acompanha o blog há tempos e achei a coisa mais linda uma historinha que ela escreveu. Ela me contou que visita sempre o blog e que é aqui que ela encontra inspiração para realizar as coisas que busca, colocar mais afeto e carinho na vida das pessoas e dentro de casa.

Ela me contou como a visão dela sobre o seu próprio lar se transformou ao longo dos anos <3

"Lar é onde eu sei exatamente o quanto tenho que virar os registros do chuveiro para que a água não saia nem tão quente, nem tão fria. 


É onde o amor não dá trégua para a infelicidade. 

O meu lar é onde as plantas sorriem e os quadros brilham como recém pintados. 

Hoje eu vivo com a certeza de que minha casa é o meu lar pois é onde meu coração dorme todos as noites e se acelera a cada nova manhã. 

O meu lar é para onde eu sei que sempre posso voltar."

Nathalie Uchino, São Paulo

Tem como não se derreter? Esse trechinho me fez sair procurando pela casa coisas que me fazem saber que aqui é um lar e as fotos são apenas uma tentativa de explicar o que isso significa, pois só a gente sabe o quanto de sentimento e de história tem o que a gente chama de lar. Num é?

Lar é onde tem as bananeiras que servia de esconderijo e parque de diversões na infância...


É onde o cuco antigo toca de meia em meia hora...


É onde tem um Jeremy pedindo carinho ...


É onde tem "pichação" preservada de quem já não está mais aqui...


Onde as mãozinhas pequenas da Mari de 3 aninhos estampam o parapeito das janelas...


É onde os quadrinhos podem ficar tortos que ninguém vai se importar ...


Lar é onde a Dona Zê está <3


Esse é um pedacinho da minha vida que acho que vocês não conheciam, né? Fora isso, ainda posso enumerar mais uma dezena de coisas que tem o lar onde vivo: o cheiro de café toda manhã, a mesa posta o dia todo, a Panela Maluca na cozinha (que é quando a tia Guta prepara as melhores comidas do mundo), o meu quarto/escritório, o noivinho me acordando todo sábado de manhã, o ventilador rosa, a vista das montanhas, os cactos e suculentas na varanda, a Mari fazendo alvoroço quando chega da aula e amor e aconchego sempre que precisar.

3 comentários:

  1. Muito amor. Muito lindo. Muito coração. Um beijo grande!

    ResponderExcluir
  2. Que delícia de post, de uma leveza encantadora! Amei, mostra bem a riqueza da simplicidade de nossas vidas.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Lindo... as lembranças boas sempre fazem cócegas no coração e nos olhos... <3

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...