Carregando um mundo de fofurices pra você <3 ...

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Conhecendo Pernambuco e Alagoas

Depois do ano turbulento que foi 2013, com direito a viagens interrompidas e tudo mais, o que desejei para 2014 foi que esse fosse um ano com sossego pro coração, muito trabalho e viagens. E assim vem sendo, ainda bem! Tenho me esforçado para cumprir minhas metas e objetivos e tudo tem conspirado a favor, inclusive das viagens em família.

Nadando com os peixinhos em Maragogi-AL
A última delas foi para Pernambuco, onde passamos o feriado da Semana Santa, eu, a Mari e o Tiago. A viagem foi planejada desde o começo do ano, quando achamos passagens baratas em um feirão da Gol e aí escolhemos Recife como destino. A ideia foi ir para Recife, de lá alugar um carro e descer para Porto de Galinhas. E de Porto de Galinhas, conhecer um pouco mais das praias próximas e até do Alagoas. O estado ainda é de encantamento com tanto mar, com tanta praia maravilhosa. Nessas viagens dá pra entender perfeitamente porque gringo vem aqui e fica doido com as praias.

Praia de Carneiros
Porto de Galinhas
Foram 5 dias aproveitando o que esses lugares têm de melhor. Chegamos em Recife na sexta a noite, alugamos o carro e em menos de 1 hora estávamos em Porto de Galinhas. No sábado passamos o dia em Porto de Galinhas, na parte menos cheia da praia e no fim da tarde fomos para Muro Alto, uma praia tranquila, com uma piscina natural de água quentinha e transparente. Chegando em Muro Alto, percebi que havia perdido meu telefone na praia de Porto de Galinhas. Bateu aquele desespero, mas consegui ficar tranquila, liguei para o número e uma pessoa atendeu. O cara que achou meu telefone ficou me esperando em Porto de Galinhas e lá fomos nós! Encontramos o bom moço e ele me devolveu o telefone. Uma maravilha encontrar gente assim, porque o desfecho dessa história poderia ter sido bem diferente e depois de gastar toda a grana que tinha com viagens, não poderia comprar outro telefone tão cedo! Ainda voltamos para Muro Alto e curtimos o fim de tarde por lá, depois voltamos para o hotel, tomamos banho e fomos caminhando pela praia até o centrinho de Porto de Galinhas, que estava muito cheio nos dias de feriado.

Muro Alto
Por do sol na estrada de volta pra Porto de Galinhas
Já no domingo, pegamos um tour que achamos com preço bom para passar o dia na Praia de Carneiros. Olha, essa foi a maior furada da viagem. O tour da Preta Turismo atrasou, fiquei sem paciência e isso avacalhou o passeio. Eu estava ansiosa por fazer logo o passeio de barco e a demora acabou me desanimando. Apesar desse contratempo, a praia é maravilhosa, cheia de natureza exuberante com rio, mangue, mar, corais e bancos de areia. E ainda tem uma igrejinha linda, muitos coqueiros e aquela água azulzinha! Vale muito a pena ir lá pra passar o dia, mas acho que é mais interessante ir de carro e de repente chegar lá e pegar o passeio de barco.

A igrejinha em Carneiros 
Um pedacinho da praia com árvore no mar e pedras cheias de corais e ouriços ali atrás
No terceiro dia foi a vez do Alagoas. De carro fomos para Maragogi, que fica a duas horas de Porto de Galinhas. Na estrada tem algumas cidadezinhas que me fizeram ter vontade de parar e ficar mais um tempinho. Adoro cidade com jeitinho de interior e na beira da praia então... São José da Coroa Grande me conquistou com a simplicidade e deu muita vontade de ficar mais uns dias.

Como não amar essa cor?
Maragogi em si não tem muita coisa, a praia não é das melhores nem tem muita infraestrutura para turismo como em Porto de Galinhas, mas o passeio de barco para mergulhar na área dos corais é maravilhoso. O azul esverdeado do mar é minha cor preferida e nadar de snorkel e máscara nos corais é incrível, a área é enorme e dá para ver muitos pexinhos diferentes e lindos. A gente pagou um passeio de barco que custou R$65 por pessoa e essa é a única forma de chegar até as piscinas naturais de Maragogi, pois é bem afastado da praia. No barco eles oferecem fotos embaixo da água por R$60, a gente comprou porque a Mari queria muito fazer essas fotos, mas ô, arrependimento! Não eram fotos profissionais (apesar da boa vontade do menino que tirou) e a maioria ficou ruim.

As piscinas naturais de Maragogi. As manchas marrons são os corais.
O último dia de praia passamos em Porto de Galinhas, em meio a uma ida desastrada ao posto de saúde, passeio de jangada e a ida às piscinas naturais de lá. Aproveitamos que o feriado já havia acabado e a cidade estava mais vazia, então foi tudo mais tranquilo. Nas piscinas de Porto de Galinhas finalmente conseguimos a foto que a Mari tanto queria! Sabe como é coração mole de mãe, né? Mesmo sem poder pagar, ainda paguei mais R$50 reais pra ela fazer a foto perfeita com os peixinhos e postar no Instagram. O cara que faz essas fotos se chama Thiago e fica lá nas piscinas com a câmera dele, dá para reconhecer pois é uma câmera profissional, com equipamento tipo olho de peixe.

As piscinas naturais de Porto de Galinhas são bem diferentes de Maragogi. Acho que são mais exploradas e por isso, não têm tanta diversidade de corais e peixes, o que é uma pena, pois dá pra ver claramente que é por causa do turismo descontrolado.


Objetivo de viagem da filha cumprido, partimos no dia seguinte para Recife/Olinda. Me encantei pelo centro histórico de Olinda, que me pareceu uma Minas Gerais mais colorida, mais quente (muito mais quente) e de frente pro mar. Fotografei tudo o que vi pela frente e no fim do passeio almoçamos em um bistrô (Maison do Bonfim) com decoração linda, comida gostosa e preço razoável.

Vista do alto da Sé, em Olinda
Pedacinhos de Olinda
Ainda passamos de carro pelo Recife antigo, pegamos um trânsito básico na cidade e voltamos para o hotel onde passamos a noite. Fomos embora no outro dia bem cedinho, o Tiago pro Rio e eu e a Mari pra BH.

E não, essa não é uma viagem barata, ainda mais que o local é super turístico e segundo o próprio pessoal que mora em Porto de Galinhas, o prato mais abundante por lá é o 'robalo'. Sim, nós vamos 'robá-lo'. Optamos pelos hotéis mais em conta (a pousada em Porto de Galinhas era bem receptiva, limpinha e básica), mas o hotel em Recife foi uma tristeza (não vou nem colocar o link aqui). Alimentação, dependendo dos seus hábitos pode até sair em conta (tapiocas a R$7 - a Tapioca da Praia em Porto de Galinhas é uma delícia, prato de massa por R$15), mas se sentou na beira da praia, pode preparar que vai doer no bolso (porções de carne de sol e peixe por R$35 a R$50, almoço para 2 por R$100) e por aí vai. Então o que eu fiz foi economizar para a viagem e depois nas compras de artesanatos e presentinhos, porque sempre exagero. Acho que a nossa grana foi bem aplicada em passeios, aluguel de carro e comidas gostosas.

Para a viagem, levei só roupas leves, que serviram perfeitamente. Em momento algum usei sapato fechado, aliás, só usei um chinelo a viagem toda hahaha Sapato só no aeropoerto.

E quem tiver a oportunidade de fazer esses passeios, mais que recomendo! São locais ótimos para ir com a família e relaxar :)

13 comentários:

  1. Oi Zilah. Chegou aqui tão pertinho e não veio até Fortaleza. Da próxima vez vem aqui. Já estou morando aqui desde 2012 e vivo me encantando com as belezas naturais do nordeste. Mas realmente essa exploração aos turistas me incomoda. De vez enquanto estou recebendo visitas, aí saio com eles pra visitar a cidade, e sempre tem essa inflação de preços. Acabei perdendo a paciência algumas vezes com uns caras de pau, afinal moro aqui e sei bem quanto custa cada coisa. Beijos e um ótimo feriado. Gabriela Barreto

    PS: As fotos ficaram lindas. E da sua filha ficou muito legal. Me deu vontade de mergulhar com os peixinhos também.

    ResponderExcluir
  2. Zilah eu fui e meu marido fomos para maceió e ficamos no hotel Ibs q por ser executivo ficou num preço bem legal, só n valeu os 14 reais por pessoa do café da manhã!!no segundo dia perguntamos aonde tinha um supermercado e com 100 reais compramos café da manhã para os 5 dias de viajem assim como lanches para levar nos passeios!! como vc disse maragogi n tem estrutura assim como as mais bonitas praias em q fomos por isso os lanches nos salvavam de ficar da 6 da manhã qnd saiamos para os passeios até as 14 ou 15 horas qnd era feita a parada para o almoço morrendo de fome!!nós fomos na praia do gunga,em porto de galinhas e nas dunas de marapé, cada lugar mais lindo q o outro e em maceió na praia do francês descobrimos um restaurante a beira do mar chamado Imperador do camarão q fez juiz ao nome por um preço bem legal! tanto q voltamos para mais(camarões gigantes empanados e batatinhas recheadas com catupiry)!! As coisas q nos assustaram foi a pobreza extrema e como é td tão lindo e bem cuidado na rua da praia do francês e como logo na rua detrás do hotel a rua n tem nem asfalto!!Diferenças gritantes do nosso Brasil!!Já foto em Maragogi nós pagamos 60 por pessoa com a van nos buscando em maceió o barco até as piscinas naturais, meu marido pagou 50 pelo mergulho( eu estava grávida e n pude ir) com o cd de fotos já inclusos e isso foi no ano passado! De qualquer maneira valeu o passeio no fim da semana meu marido estava mandando currículos para as empresas de lá,n custa sonhar né?!
    Ai, que saudades do céu, do sal, do sol de Maceió...

    ResponderExcluir
  3. Desculpa ser a chata aqui nos comentários, mas gostaria de fazer uma correção...
    Ao mesmo tempo você afirma que São José da Coroa Grande é uma cidade de interior E de praia, o que é impossível, rs.

    Acho que você quis dizer que adora cidades pequenas com o ar de uma cidade de interior, mas que são no litoral, estou certa?
    Mais uma vez, desculpa a intromissão!

    ResponderExcluir
  4. Foi exatamente isso que quis dizer, Sheyla! hahaha
    Obrigada pela observação, eu realmente não pensei nesse aspecto!

    ResponderExcluir
  5. No Nordeste é tudo muito perto! Fiquei impressionada! Quando eu for com mais tempo, quero fazer uma viagem completa e conhecer muito mais lugares.


    Quanto ao turismo, é em todo lugar a mesma coisa. No Rio eu já fingi sotaque pra não enfiarem a mão no preço das cadeiras de praias kkkkk


    Muito obrigada e é realmente lindo mergulhar com os peixinhos! :)


    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Marcela, esse esquema de levar comida e água nos passeios a gente também fez! Diminui significativamente os custos e dá pra ir enganando a fome até o almoço! Eu tinha ouvido dizer que as coisas eram mais baratas, mas aí leva-se em conta o fator feriadão e a proximidade da Copa, né. A diferença das fotos dá pra ver, né? Fiquei encantada com a que a minha filha fez! Era 50 para 1 pessoa, 80 para 2 e 100 para 3. Qualidade impressionante! E infelizmente esses contrastes a gente vê no Brasil todo. Eu reparei que no interior de Pernambuco tinham muitos programas do Governo Federal. E nessas regiões, com o turismo crescendo, muita gente acaba tendo também a chance de melhorar de vida. Isso é interessante!


    Beijocas!

    ResponderExcluir
  7. Oi Zilah, eu e meu esposo estávamos planejando comemorar 1 ano de casados em setembro lá, nem sabia que Maragogi fica perto assim,gostei das dicas não vou me esquecer qnd for lá,mas eu acho que vamos deixa para o próximo ano, pois como vc disse não é uma viagem barata...temos que economizar mais um pouco pra curtir uma viagem bem gostosa!



    bjs

    ResponderExcluir
  8. Olinda, minha terra! Haha.
    As fotos ficaram lindas.
    Parabéns pelo blog, tudo muito lindo.

    ResponderExcluir
  9. Nossa! Eu fiz exatamente que nem você na Semana Santa, também fui para Pernambuco. Fiquei dez dias lá, o meu pai também alugou um carro e deu para eu conhecer as maravilhosas praias de Porto de Galinhas e a dos Carneiros. Quero voltar lá e na próxima vez conhecer Maragogi, que fica depois da Praia dos Carneiros. Amei as praias de lá, o clima e as pessoas. Beijosss!

    ResponderExcluir
  10. Ah, mas quando for, tenho certeza que valerá a pena!


    beijão!

    ResponderExcluir
  11. Adorei Olinda! Já quero voltar!
    Muito obrigada :)

    ResponderExcluir
  12. Ó, gente! Também estive lá na semana santa! Se bobear nos esbarramos por lá hahaha
    Eu também amei tudo!



    Beijão!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...